[3 Jun 2020]
Ralis da Finlândia e Nova Zelândia cancelados

O Rali da Finlândia, prova que seria disputada em Agosto, foi oficialmente cancelado pelos organizadores nórdicos. Apesar da situação mundial face à pandemia da COVID-19 ser relativamente positiva, os elevados riscos de saúde e segurança associados a uma prova de cariz internacional são particularmente relevantes para serem desvalorizados. Deste modo, a organização declarou não estarem reunidas as condições necessárias para colocar a prova na estrada.

[29 Mai 2020]
WTCR apresenta calendário revisto

A Eurosport Events revelou o calendário revisto da Taça do Mundo de Carros de Turismo, salvaguardando desta forma a temporada de 2020. Evitando deslocações entre continentes e optimizando o tempo disponível, o WTCR contará com um total de 6 fins de semanas disputados integralmente em solo europeu. Áustria, Alemanha, Espanha, Eslováquia, Itália e Hungria foram os países seleccionados para este calendário.

[29 Mai 2020]
Williams pondera venda de equipa

Os resultados financeiros da Williams em 2019 confirmaram o caminho tortuoso que a equipa britânica tem vindo a cumprir ao longo da última temporada da F1. Acumulando perdas na ordem dos 13 milhões de libras, a Williams Grand Prix Holdings (WGPH) viu as suas receitas diminuírem para um total de 160.2 milhões de libras no final de 2019. A recente pandemia da COVID-19 veio agravar ainda mais esta situação, forçando a venda parcial ou total da equipa de Grove.

[15 Mai 2020]
Regresso do Safari adiado para 2021

A edição de 2020 do Rali Safari foi cancelada, estando o regresso da mítica prova africana ao Campeonato do Mundo de Ralis adiado para 2021. O anúncio surgiu como consequência directa da pandemia de COVID-19, após discussões ao mais alto nível entre o governo queniano, a FIA e o promotor do WRC.

[14 Mai 2020]
Ferrari anuncia Carlos Sainz para 2021

A Scuderia Ferrari anunciou hoje a contratação de Carlos Sainz para as temporadas de 2021 e 2022 do Campeonato do Mundo de Fórmula 1. Com a saída de Sebastian Vettel no final da presente temporada, a escuderia italiana assegura assim o seu futuro a curto/médio prazo. Considerado uma aposta segura pelo paddock da Fórmula 1, Sainz tem pela frente o maior desafio na sua carreira desportiva.