Citroen com dupla vitória no Salzburgring
26 Maio 2014 - José Soares da Costa

A Citroen voltou a dominar em mais uma jornada do WTCC, disputada no circuito de Salzburgring, na Áustria. Enquanto Yvan Muller venceu a 1ª corrida do programa, o seu colega de equipa argentino José Maria López triunfou na 2ª prova do fim de semana. O português Tiago Monteiro esteve novamente em destaque ao conquistar mais um pódio para a Honda.

O francês Yvan Muller, que partia da pole position para a primeira corrida, liderou a prova desde o seu arranque e venceu sem qualquer contestação. Tom Coronel, em Chevrolet Cruze, foi o 2º classificado, aproveitando um erro na abordagem à chicane por parte de José Maria López. O piloto da Citroen ainda tentou pressionar o piloto holandês, mas o 3º lugar seria o melhor resultado possível.

Sébastien Loeb não teve um prova brilhante, falhando completamente o arranque e caindo para a 4ª posição. Sem pressão por parte de Tiago Monteiro, o 5º classificado nesta prova e sem meios para lutar pelo pódio com Tom Coronel e José Maria López, Loeb quedou-se pela posição obtida após o arranque. Quanto a Monteiro, a 5ª posição consagrou-o como o melhor representante da Honda nesta 1ª prova.

A segunda corrida do fim de semana ficou marcada pela acidente logo na partida, que levou ao abandono do Citroen C-Elysée de Yvan Muller, os LADA Granta de Robert Huff e James Thompson e ainda os Chevrolet Cruze de Tom Chilton e Dušan Borković. Com o seu colega de equipa fora da corrida, José Maria López ficou com o caminho aberto para a vitória.

O piloto argentino do Citroen teria ainda que ultrapassar vários Honda Civic, tarefa dificultada pela reentrada do Safety Car na 11ª volta, devido a um incidente protagonizado pelo Chevrolet Cruze de Réne Munnich. Gabriele Tarquini, líder da prova até então, tentou conter atrás de si o Citroen de López mas dada a superioridade da viatura francesa, este acabaria por ultrapassá-lo e rubricar mais uma vitória em 2014.

A Honda esteve em bom plano nesta 2ª corrida, ao conquistar as 2ª e 3ª posições por intermédio de Gabriele Tarquini e Tiago Monteiro respectivamente. Norbert Michelisz, também em Honda Civic, foi o 4º classificado nesta prova. Quanto a Sébastien Loeb, terminou a 2ª corrida num modesto 7º lugar.