Competisport com prova condicionada
8 Maio 2014 - José Soares da Costa

O Campeonato de Ralis Norte prosseguiu no passado fim-de-semana em Ponte de Lima, na quarta jornada da época, numa prova sob a responsabilidade da Renato Pita Motorsport Events, Câmara Municipal de Ponte de Lima e ainda do Clube Aventura do Minho. A prova em pisos de asfalto não correu em pleno para a Competisort, já que alguns azares acabaram por condicionar o desempenho das duas duplas presentes nesta prova.

Luís Mota e Alexandre Ramos partiram centrados em lutar pelos lugares do pódio, num rali exigente e rápido, eles que vinham de uma vitória no Vodafone Rally de Portugal. A dupla do Mitsubishi Lancer EVO IV começou de forma regular com um 9º melhor registo na primeira especial que arrancou sábado à noite.

No Domingo, um problema num veio da caixa de transferências acabou por afastar a equipa de repetir o feito da prova anterior, já que perderam bastante tempo, conseguindo resolver a situação na assistência e prosseguir em prova. Ainda assim, após as seis especiais de classificação, ascenderam ao quarto lugar final no Campeonato de Ralis Norte.

Por seu turno, também Salvador Gonzaga e Paulo Lopes não tiveram uma prova fácil, eles que vinham também de um excelente terceiro lugar na prova Algarvia. Após a primeira especial o diferencial traseiro do Mitsubishi EVO VII cedeu, valendo a rápida intervenção da equipa técnica da Competisport que tentou os possíveis e impossíveis para numa assistência de 10 minutos solucionar o problema.

Apesar do azar, a equipa fez um bom rali, nesta que foi a sua estreia com o Lancer EVO VII nos pisos de asfalto, completando a prova minhota na 11ª posição do Regional Norte, resultado que seria bastante melhor, não fosse a penalização à saída do parque de assistência.

Destaque ainda para o êxito que esta prova alcançou, sobretudo pela grande moldura humana que acompanhou estes dois dias de prova, provando que a aposta feita pelo Câmara Municipal de Ponte de Lima e da Renato Pita Motorsport Events em trazer os ralis para esta catedral, foi a melhor.