“Pechito” López dilata vantagem na Argentina
4 Agosto 2014 - José Soares da Costa

Numa altura em que o calor do Verão se faz sentir, José Maria López deixou a sua terra natal em brasa! Com o WTCC de visita à Argentina, “Pechito” López dominou as duas corridas do programa e dilatou a sua vantagem relativamente aos adversários directos. Tiago Monteiro foi regular, somando dois 5º lugares e consolidando a sua posição como melhor não-Citroen nas contas do campeonato.

A primeira prova desta jornada do WTCC, disputada em Termas de Rio Hondo, foi palco de um autêntico passeio de José Maria López. Partindo da pole position, o piloto argentino rumou para uma vitória tranquila, sem qualquer contestação, dilatando ainda mais a vantagem relativamente a Yvan Muller no Campeonato de Pilotos. O actual Campeão do Mundo terminou apenas na 3ª posição, tendo sido batido pelo Honda Civic de Norbert Michelisz, bastante mais rápido que o francês no arranque desta prova.

O português Tiago Monteiro também logrou surpreender Yvan Muller no arranque da prova, saltando para a 3ª posição, mas acabaria por ser ultrapassado quer por Muller, quer por Sébastien Loeb. A 5ª posição foi o resultado possível dadas as circunstâncias, uma vez que o Honda Civic do português rodava com um amortecedor danificado, além de ter voltado a demonstrar a crónica falta de velocidade de ponta.

A 2ª prova deste fim de semana repetiu a história escrita por “Pechito López” poucas horas antes. Apesar de ter partido da 10ª posição da grelha, José Maria López encetou uma vigorosa recuperação que o levou até à 2ª posição ao fim de 8 voltas. Com 5 voltas ainda para cumprir, López tinha apenas o Lada Granta de Robert Huff à sua frente, uma presa fácil que rapidamente suplantou numa das fortes travagens do circuito. Estava conquistado o pleno na sua terra natal, feito que deixou em delírio os inúmeros adeptos argentinos presentes nas bancadas.

Robert Huff, sem meios para poder ripostar com o Citroen C-Elysée de “Pechito López”, levou o Lada Granta até à 2ª posição, o melhor resultado de sempre do construtor russo no WTCC. No derradeiro lugar do pódio quedou-se Yvan Muller, sem andamento para acompanhar o seu veloz colega de equipa. O português Tiago Monteiro voltou a repetir a 5ª posição, tendo lutado intensamente com Muller, Gabriele Tarquini e Tom Chilton pela 3ª posição.

Nas contas do Campeonato de Pilotos, José Maria López lidera com 310 pontos, mais 60 pontos do que o 2º classificado, Yvan Muller. Sébastien Loeb ocupa a 3ª posição com 213 pontos, enquanto que Tiago Monteiro é o melhor não-Citroen, na 4ª posição, com 146 pontos. No Campeonato de Construtores, a Citroen lidera com 686 pontos, a Honda é a 2ª classificada com 449 pontos e a LADA ocupa o último lugar com 247 pontos.