Toyota conquista pole em Le Mans
13 Junho 2014 - José Soares da Costa

Após três animadas sessões de qualificação, desenroladas ao longo de quarta e quinta feira, a Toyota conquistou a pole position para as 24 Horas de Le Mans de 2014. A Porsche surpreendeu tudo e todos ao bater todos os seus adversários na penúltima sessão de qualificação, mas acabaria por ser ultrapassada pela formação nipónica. O Audi nº3 de Filipe Albuquerque foi a viatura mais rápida da equipa germânica.

A primeira sessão (quarta feira à noite) e a segunda sessão (quinta feira de tarde) de qualificações ficaram marcadas por diversas interrupções com bandeiras vermelhas, fruto dos inúmeros incidentes que acabaram por impedir o correcto desenrolar dos programas das diversas equipas em prova.

Desta forma, a derradeira sessão de qualificação de quinta feira à noite tornou-se decisiva para a atribuição das posições na grelha para as 24 Horas de Le Mans. A Toyota confirmou todas as expectativas ao alcançar a pole position, por intermédio do TS040 nº7 (3m21.789s). A volta de Kazuki Nakajima esteve envolta em polémica, devido ao alargamento da trajectória na zona da curva do karting, mas o registo acabaria mesmo por ser validado pelo ACO.

Na 2ª posição colocou-se a surpresa destas sessões de qualificação, a Porsche. Romain Dumas esteve num ritmo infernal ao volante do 919 Hybrid nº14, revelando o verdadeiro potencial do Sport Protótipo germânico com o registo de 3m22.146s. A segunda fila da grelha é novamente dividido pela Toyota e Porsche, com o TS040 nº8 a colocar-se na 3ª posição com o tempo de 3m22.523. Já o Porsche 919 nº20, com o jovem Brendon Hartley ao volante, alcançou um registo de 3m22.908s.

Atrás da Toyota e Porsche ficaram os 3 Audi R18 e-tron quattro. Na 5ª posição da grelha colocou-se o Audi nº3, partilhado por Filipe Albuquerque, Marco Bonanomi e Oliver Jarvis, com o tempo 3m23.271s. Atrás deste quedou-se o Audi nº2 (3m24.276s) e o “ressuscitado” Audi nº1 foi o mais lento dos LMP1-H, com o tempo de 3m25.814s. Entre os LMP2, o novo e belíssimo Ligier JSP2 da Thieret by TDS Racing vai sair da pole position (3m37.609s), tendo batido “à justa” o Zytek Nissan da Jota Sport (3m37.674s).

Nos GTE Pro, o Ferrari 458 Italia nº51 da AF Corse foi o mais rápido, com o registo de 3m53.700s rubricado pelo experiente Gianmaria Bruni. A equipa italiana esteve também em destaque entre os GTE Am, onde Sam Bird levou o Ferrari 458 Italia nº81 à pole position com o tempo de 3m54.665s. Álvaro Parente, ao volante do Ferrari da RAM Racing, vai partir da 5ª posição da grelha dos GTE Pro.