VW soma título com triunfo na Austrália
15 Setembro 2014 - José Soares da Costa

Após o desaire no “seu” rali, a Volkswagen regressou aos triunfos no WRC por intermédio de mais uma vitória de Sébastien Ogier. O campeão francês não teve vida fácil, tendo sido constantemente pressionado por Jari-Matti Latvala ao longo da prova. Andreas Mikkelsen completou o pódio na Austrália e confirmou um resultado de sonho para a VW, que alcançou desta forma o seu 2º título de Construtores no WRC.

Apesar do natural favoritismo da Volkwagen, foi Kris Meeke quem surpreendeu tudo e todos no 1º dia do Rali da Austrália. Aproveitando a melhor posição na estrada (partia da 8ª posição), o piloto britânico assumiu a liderança na 3ª classificativa. No entanto, Meeke acabaria por ser ultrapassado pelos Volkswagen durante a tarde deste 1ª dia, numa altura em que se cumpriam as 2ª passagens pelas classificativas, além da Super Especial. Ogier terminava o dia na liderança, sendo perseguido por Latvala, Mikkelsen e Meeke.

Na 2ª etapa, Latvala superou Ogier logo no arranque do dia, ascendendo à liderança da prova australiana. No entanto, uma escolha menos inspirada de pneumáticos acabaria por entregar novamente a liderança a Ogier. Atrás dos dois pilotos da VW, Andreas Mikkelsen e Kris Meeke lutavam pela derradeira posição do pódio, trocando de posições ao longo do dia. O piloto norueguês terminou o dia na frente, com apenas 1.5s de diferença em relação a Meeke.

O derradeiro dia do Rali da Austrália resumiu a luta entre Ogier e Latvala, tendo o piloto francês alcançado mais uma vitória na temporada de 2014. Latvala não conseguiu reduzir a diferença relativamente a Ogier, tendo terminado a prova a 6.8s de distância da liderança da prova. O piloto finlandês somou no entanto 3 importantes pontos pela vitória alcançada no Power Stage.

No último lugar do pódio terminou Andreas Mikkelsen, que também beneficiou da penalização atribuída a Kris Meeke (cerca de 1m01s) pelo atalho numa das classificativas da 2ª etapa. Com esta tripla, a Volkswagen alcançou na Austrália mais um título de Construtores, o seu 2º consecutivo. Com o domínio exercido no WRC desde 2013, não será de estranhar a repetição deste feito nos próximos tempos…

Kris Meeke foi o melhor piloto não-Volkswagen na Austrália, superando o Ford Fiesta RS WRC de Mikko Hirvonen, 5º classficado. Numa altura em que se levantam várias dúvidas sobre a sua permanência na M-Sport, Hirvonen conseguiu lutar de igual para igual com Meeke no derradeiro dia de prova. Hayden Paddon foi o melhor Hyundai em prova, tendo terminado na 6ª posição. No WRC2, Nasser Al-Attiyah bateu a forte oposição e somou mais um triunfo nesta categoria.