Porsche conquista título mundial de Endurance
2 Novembro 2015 - José Soares da Costa

A dobradinha da Porsche nas 6 Horas de Xangai deu à marca germânica o título de Construtores. Este feito marca o regresso da Porsche aos títulos mundiais após 31 anos. Partindo da pole position, os Porsche 919 Hybid sofreram enorme pressão dos Audi R18, não tendo vida fácil ao longo da prova chinesa. Com o triunfo em Xangai, Timo Bernhard, Mark Webber e Brendon Hartley encontram-se perto de alcançar o título de Pilotos.

Numa prova disputada à chuva, a Porsche viu-se a braços com a forte oposição da Audi, cujos R18 eram mais eficazes no piso molhado. No entanto, os dois Sport Protótipos da marca de Zuffenhausen acabaram por recuperar a 1ª e 2ª posição, com Neel Jani e Timo Bernhard ao volante respectivamente.

Na 2ª metade da prova, a viatura de Bernhard, Webber e Hartley assumiu a liderança e dilatou progressivamente a sua vantagem relativamente aos restantes adversários. Enquanto isso, Romain Dumas apostou numa estratégia arriscada, levando ao limite o desgaste dos pneus do seu Porsche 919 Hybrid. Com esta aposta, a Porsche garantiu a dobradinha em Xangai, deixando o melhor Audi, entregue a Fässler, Lotterer e Tréluyer, na 3ª posição.

Entre os LMP2, a Signatech Alpine conquistou uma vitória surpresa, subindo à liderança na fase intermédia da prova. A equipa francesa bateu o Ligier JSP2 da G-Drive e o Oreca 05 da KCMG, tendo a decisão do título desta categoria ficado adiada para a derradeira prova da temporada 2015 do FIA WEC.

No GTE-Pro, o Porsche 911 RSR de Richard Lietz e Michael Christensen bateram a armada da AF Corse e entre as viaturas do GTE-Am, Pedro Lamy foi o 2º classificado. Rui Águas, François Perrodo e Emanuelle Collard foram os vencedores desta categoria. Com o 3º lugar em Xangai, a SMP Racing conquistou o título entre os GTE-Am.