[28 Jun 2019]
Vítor Pascoal presente em Viana do Castelo

Depois das vitórias no Rali Montelongo e no Rali Alto Tâmega, Vítor Pascoal vai disputar o Rali de Viana do Castelo deste fim de semana para continuar a evoluir o novo Porsche 991 GT3 Cup. Piloto navegado por Ricardo Faria quer lutar pelo triunfo e dar espectáculo na prova minhota.

[24 Jun 2019]
Armindo Araújo vence Rali de Castelo Branco

Armindo Araújo e Luís Ramalho são os grandes vencedores do Rali de Castelo Branco 2019. A dupla campeã nacional em título venceu a jornada pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis e aproximou-se dos líderes do campeonato, Ricardo Teodósio e José Teixeira, que depois do triunfo em 2018 tiveram de se contentar com a segunda posição. Miguel Barbosa e Jorge Carvalho terminaram a sua participação nesta ronda no último lugar do pódio.

[24 Jun 2019]
Tiago Monteiro vence no Nordschleife!

Tiago Monteiro venceu as 24h de Nordschleife na classe TCR ao volante do Honda Civic Type R TCR do Team Honda ADAC Sachsen partilhando a condução com Dominik Fugel, Markus Oestreich e Cedrik Totz. Depois de uma jornada menos feliz no WTCR, Tiago termina o fim-de-semana no lugar mais alto do pódio depois de uma corrida intensa e repleta de lutas.

[19 Jun 2019]
Golpe de teatro decide triunfo na Sardenha!

O Rali da Sardenha foi palco de um “golpe de teatro” na derradeira classificativa: com uma vitória praticamente certa após um desempenho notável, Ott Tanak perdeu o triunfo devido a problemas na direcção assistida do Toyota Yaris WRC. Dani Sordo estava no sitio certo, à hora certa, somando mais um triunfo na sua longa carreira no WRC. Teemu Suninen foi uma das surpresas da prova, ao garantir o 2º lugar para a M-Sport, enquanto Andreas Mikkelsen regressou aos bons resultados, com o 3º lugar e a vitória no Power Stage.

[19 Jun 2019]
Toyota com dobradinha histórica em Le Mans

Fernando Alonso, Kazuki Nakajima e Sébastien Buemi conquistaram o seu 2º triunfo nas 24 Horas de Le Mans e sagraram-se Campeões do Mundo de Resistência. Perante uma forte oposição privada, a Toyota “puxou dos seus galões” e consagrou o seu lugar na história da clássica prova francesa. Já a SMP Racing foi a melhor equipa privada, terminando a dura maratona francesa no degrau mais baixo do pódio.